A quem serve?


Está por ser respondida a pergunta relativa à dispensa de identificação sigilosa de armas de fogo e munições, pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública. Ao que sabem todos os especialistas, isso dificulta se não impede, o rastreamento de armas e facilita a formação de verdadeiros arsenais do crime organizado. As milícias aí incluídas. Mais ainda, inquieta a retirada do Exército do monitoramento das armas e munições. Quais os beneficiários dessa liberalidade e respectivo cerceamento da ação do setor fardado de nosso serviço público?

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

A Amazônia sendo devastada, o Presidente vendendo gato por lebre no exterior e o vice-Presidente, investido das funções de xerife da Amazônia, só agora soube da devastação. Do círculo de ferro das fak

Segue em marcha batida o processo que tentará impedir a participação do Presidente e excluir o até agora imbatível ex-Presidente Lula das eleições de 2022. Os media já noticiam o interesse do centrão

Sinto envelhecer, quando: o casamento, no passado formador de famílias, passou a ser um organizador de quadrilhas; o desvio de dinheiro púbico era chamado desfalque, não comissionamento; o patriota e