A quem serve?


Está por ser respondida a pergunta relativa à dispensa de identificação sigilosa de armas de fogo e munições, pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública. Ao que sabem todos os especialistas, isso dificulta se não impede, o rastreamento de armas e facilita a formação de verdadeiros arsenais do crime organizado. As milícias aí incluídas. Mais ainda, inquieta a retirada do Exército do monitoramento das armas e munições. Quais os beneficiários dessa liberalidade e respectivo cerceamento da ação do setor fardado de nosso serviço público?

0 visualização

Posts recentes

Ver tudo

Quem tem medo...

O episódio envolvendo o vice-líder do governo no Senado inverteu a frase tão conhecida. Antes dizia-se que quem tem...tem medo. Agora, pode-se dizer que quem tem medo suja a cueca...e o que ela carreg

De novo

Alguns países da Europa, França, Alemanha, Reio Unido e Itália, dentre outros, começam a admitir a ameaça de novo surto da covid-19. Medidas postas em prática antes começam a ser novamente decretadas,

Convergência

Quem tenha razoável conhecimento da política brasileira não vê razão alguma para surpreender-se. É perceptível, pelo que tem de despudorada e acintosa, a aproximação de lideranças e políticos aparente

Arquitetado e Produzido por WebDesk. Para mais informações acesse: wbdsk.com

Todos os Direitos Reservados | Propriedade Intelectual de José Seráfico.