*A PESTE VAI PASSAR, MAS O QUE ME PREOCUPA SÃO SEUS SEGUIDORES, MONTADOS NO LOMBO DOS HELMINTOS*


Bolsonaro é um genocida e não espero nada de bom de quem o segue. É gente sem espírito, sem alma e sem vergonha. Já disse aqui que Bolsonaro não é minha principal preocupação. Ele vai passar, como passa um mau cheiro ou uma diarreia. O problema é o que fazer de um país que tem milhões de psicopatas, de gente sem alma e sem espírito. O que fazer dessa gente que apoia estuprador, que agride, que mata.

Bolsonaro vai passar, como passa um vírus destruidor. Sim, deixará um rastro de mortes e destruição, ficando para a história como uma peste. Só me preocupo com quem está na minha vizinhança, no boteco onde bebo, no local onde trabalho, na escola onde estudo. Estes não passarão. Se tornarão uma patologia social a consumir o que resta de bom na humanidade. Serão uma ferida aberta no meio da sociedade, prontos para causar dor e sofrimento.

Bolsonaro vai passar, como passa uma leishmaniose, deixando cicatrizes na carne. Mas o que me incomoda é a horda que o apoia e que se encarregará do seu legado. São muitos, muitos malfeitores. E não me venham os bons samaritanos com a hipocrisia da salvação dessas almas penadas; conheço essa cepa e afirmo: não têm jeito. É gente criada no lombo dos helmintos.

O que fazer?

Sempre há o que fazer: será no combate empedernido a esse cancro e no sentimento de esperança e amor que construíremos um novo amanhã. Ainda acredito que a maioria do povo é gente de bem, que cultiva a bondade e o desejo de felicidade e justiça. É deste sentimento que vamos resgatar nossa dignidade como nação e a certeza de dias melhores.

Lúcio Carril

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

A SAÍDA É SEGUIR E FAZER O CAMINHO

Com justa razão o jovem missionário belga Eduardo Hoornaert, 90, que vive no Brasil desde 1958, escreveu o livro O movimento de Jesus. Se Jesus tivesse fundado alguma igreja, ela não poderia ter outro

CARTÃO DE VACINA OU CARTÃO VERMELHO

Somente 56% dos servidores da saúde em MANAUS tomaram a primeira dose da vacina contra Covid. A prefeitura, o governo do estado, as empresas de saúde e as cooperativas precisam exigir a vacinação e af