A palavra

Em tempos de submissão dos interesses gerais aos interesses (se não à voracidade) dos particulares, pode-se suspeitar que o problema do transporte de massa (os ônibus, especificamente) é carta fora do baralho. Talvez isso possa ser explicado pelo adjetivo coletivo. Ela pode causar rejeições, pelo que significa. Enquanto não se sabe a quantas anda a investigação das atividades, negócios e funcionamento do sistema de transportes coletivos de Manaus, uma coisa é certa: os usuários continuam explorados e sacrificados, enquanto mais e mais enriquecem os proprietários de ônibus.

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Arquitetado e Produzido por WebDesk. Para mais informações acesse: wbdsk.com

Todos os Direitos Reservados | Propriedade Intelectual de José Seráfico.