A onça e a água

O Partido dos Trabalhadores está vendo aproximar-se a hora de a onça beber água. Para contar com o PSDB na campanha presidencial, será necessário ao PT renunciar a candidaturas em alguns Estados onde os números lhe parecem favoráveis. O ambiente em ambos os partidos parece semelhante, ainda que por motivos diferentes. O ressurgimento do PT, alavancado pela tragédia do atual (des)governo é correspondido pela dissensão aguda experimentada no ninho tucano. Enquanto isso, é visível o esforço dos grandes media e dos mais ricos por manter o ex-juiz que o STF julgou suspeito como o candidato da terceira via, aquela por onde transita toda sorte de interesses obscuros. Nem todos, claro!

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

O assediador Pedro Guimarães, digno representante das forças que se instalaram no poder, depois do golpe contra Dilma Rousseff, não deixou por menos. Mesmo que, para obter benefício ilegal e imoral,

Calou mal e pode ser um sinal de alerta a leitura do pedido de criação da CPI do MEC , no Senado. Presidente da Casa, o governists Rodrigo Pacheco anunciou o resultado de sua influência no processo:

Visitante habitual desta nau está intrigado sobre o noticiário da varíola do macaco. Argumenta ele que no Brasil há numerosas espécies desses animais, nem todas existentes em outras regiões do Mundo.