A noite dos mascarados

É de trevas o tempo em que vivemos. A morte é carregada nas asas (ou garras?) da ganância e da hipocrisia, já não bastassem as máscaras - não as de pano ou plástico - que ornam e escondem a fealdade posta sobre dois pés. Mais grave será a segunda onda da covid-19 entre nós. É o respeitado infectologista Bernardino Albuquerque quem o diz, com a autoridade de quem trabalha e estuda o assunto há 45 anos. O ex-Presidente da Fundação de Vigilância Sanitária-FVS aponta os fatores que levam à ameaça de que ele nos adverte: as atividades do Distrito Industrial, a liberação do comércio e dos chamados templos religiosos. As empresas funerárias agradecem a esses grandes aliados. Ainda bem que há exceções, pelo menos entre certas confissões religiosas de fato.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

O assediador Pedro Guimarães, digno representante das forças que se instalaram no poder, depois do golpe contra Dilma Rousseff, não deixou por menos. Mesmo que, para obter benefício ilegal e imoral,

Calou mal e pode ser um sinal de alerta a leitura do pedido de criação da CPI do MEC , no Senado. Presidente da Casa, o governists Rodrigo Pacheco anunciou o resultado de sua influência no processo:

Visitante habitual desta nau está intrigado sobre o noticiário da varíola do macaco. Argumenta ele que no Brasil há numerosas espécies desses animais, nem todas existentes em outras regiões do Mundo.