A noite dos mascarados

É de trevas o tempo em que vivemos. A morte é carregada nas asas (ou garras?) da ganância e da hipocrisia, já não bastassem as máscaras - não as de pano ou plástico - que ornam e escondem a fealdade posta sobre dois pés. Mais grave será a segunda onda da covid-19 entre nós. É o respeitado infectologista Bernardino Albuquerque quem o diz, com a autoridade de quem trabalha e estuda o assunto há 45 anos. O ex-Presidente da Fundação de Vigilância Sanitária-FVS aponta os fatores que levam à ameaça de que ele nos adverte: as atividades do Distrito Industrial, a liberação do comércio e dos chamados templos religiosos. As empresas funerárias agradecem a esses grandes aliados. Ainda bem que há exceções, pelo menos entre certas confissões religiosas de fato.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Policialesco

Quem ainda tenha dúvida sobre a transformação do Estado democrático de Direito em um Estado policial, leia com atenção noticiário sobre as irregularidades atribuídas ao ex-reitor da UFSC, professor Lu

Justa reverência

Denominar o prédio em que se instalou a Faculdade de Artes da UFAM de Maestro Nivaldo Santiago era o mínimo que o velho professor merecia. Fez-se justiça a ele, cujos serviços profissionais engrandece

Zona Franca posta em questão

Promovida pelo grupo de pesquisas Ilhargas, do Instituto de Filosofia, Ciências Humanas e Sociais da UFAM, uma discussão sobre a zona franca de Manaus será realizada hoje. Reunindo interessados no tem