A cópia sempre é pior

Quinze ganhadores do prêmio Nobel de Economia das mais prestigiadas universidades norte-americanas assinaram uma carta aberta à nação. Nela, criticam a condução da política econômica do seu país e reivindicam maior investimento público. Não se trata de militantes políticos, mas de respeitáveis professores do IMT e Universidades de Berkley, Yale, Princeton, Georgetown, Nova York, Harvard, Stanford, Chicago e Columbia. Na metrópole, as coisas se passam com alguma diferença em relação à colônia. Nem a cópia se faz a favor da sociedade ou dos beneficiários de sempre. Aqui, estes costumam cuspir nas mãos de onde lhes veio a fortuna. Daí não ter qualquer originalidade a recusa em apoiar ex-Presidente que lhes favoreceu ganhos estratosféricos, talvez na esperança de que maiores serão os ganhos auferidos, sendo outro o apoiado. Nem na cópia o que Nélson Rodrigues via como complexo (e muitos estudiosos achem ser fato, não doença)consegue repetir o modelo.

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

O assediador Pedro Guimarães, digno representante das forças que se instalaram no poder, depois do golpe contra Dilma Rousseff, não deixou por menos. Mesmo que, para obter benefício ilegal e imoral,

Calou mal e pode ser um sinal de alerta a leitura do pedido de criação da CPI do MEC , no Senado. Presidente da Casa, o governists Rodrigo Pacheco anunciou o resultado de sua influência no processo:

Visitante habitual desta nau está intrigado sobre o noticiário da varíola do macaco. Argumenta ele que no Brasil há numerosas espécies desses animais, nem todas existentes em outras regiões do Mundo.