Flor

Uma criança, um campo, uma flor. Colhida para presentear a mãe. É o amor na flor. Um homem, uma mulher, uma flor. Nas pétalas um beijo e a oferta. Uma conquista na flor. Um corredor de flores, um altar, uma noiva. Na mão um buquê. Uma união na flor. Florisbela, Rosa Maria, Rosário. Um nome de mulher. É a mulher na flor. Um túmulo, orações, pensamentos. Um buquê sobre a pedra. Saudades na flor. Um salão de dança, músicas. Buquês sobre as mesas. Felicidades na flor. Sentimentos na flor. É a magia da flor.


Ruy da Fonseca.

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

A Razão da primavera

É verdade: sou um romântico. E não pretendo abrir mão disso que considero uma qualidade humana. Escrevo em resposta àqueles que pensam estar desqualificando meu discurso me chamando de romântico. O fa

FILOSOFIA, TEMPO E SENSAÇÃO*

Alcimar de Oliveira * Quanto menos a força muscular foi aplicada às máquinas colossais, quanto mais as pontas dos dedos e os movimentos oculares foram motora e refinadamente alinhava

Arquitetado e Produzido por WebDesk. Para mais informações acesse: wbdsk.com

Todos os Direitos Reservados | Propriedade Intelectual de José Seráfico.